O campo acadêmico-científico da comunicação no Brasil: panorama, constituição e perspectivas

Este artigo trata da configuração do campo acadêmico da Comunicação no Brasil. Ele parte de uma breve descrição do sistema de funcionamento e traça uma visão panorâmica da caracterização e constituição dos cursos de graduação e das suas subáreas. Aborda a pesquisa científica, sua evolução, os grupos...

Descripción completa

Detalles Bibliográficos
Autores Principales: Kunsch, Margarida Maria Krohling, Gobbi, Maria Cristina
Otros Autores: CNPq e Socicom.
Formato: Artículo (Article)
Lenguaje:Portugués (Portuguese)
Español (Spanish)
Publicado: Universidad del Rosario / Universidad de Los Andes / Universidad Complutense de Madrid 2016
Materias:
Acceso en línea:https://revistas.urosario.edu.co/index.php/disertaciones/article/view/4369
http://repository.urosario.edu.co/handle/10336/15328
Descripción
Sumario:Este artigo trata da configuração do campo acadêmico da Comunicação no Brasil. Ele parte de uma breve descrição do sistema de funcionamento e traça uma visão panorâmica da caracterização e constituição dos cursos de graduação e das suas subáreas. Aborda a pesquisa científica, sua evolução, os grupos, centros ou núcleos de pesquisas existentes e assinala a importância fundamental dos cursos de pós-graduação para sua consolidação. Apresenta um quadro situacional da composição dos programas de pós-graduação stricto sensu em todo o território nacional, o sistema de avaliação vigente, sua distribuição geográfica, suas áreas de concentração e linhas de investigação. Destaca o relevante papel das associações acadêmicas e científicas das diversas áreas da Comunicação na articulação e no desenvolvimento do campo das Ciências da Comunicação no País. Registra ainda a participação efetiva da liderança de muitas dessas entidades na constituição de associações ibero-americanas de Comunicação. Com base em fontes bibliográficas e documentais, trata-se de um estudo quantitativo descritivo e qualitativo em sua análise reflexiva. Os dados obtidos expressam a abrangência desse campo comunicacional, sua grande diversidade e a concentração dos centros de estudos nas regiões sudeste e sul do País.